(41) 99664-5024 contato@sergiorocha.com.br
Escolha uma Página

Multitarefa, verdade ou mito?

Nosso cérebro tem capacidade para multi saberes, isso não deve ser confundido com multitarefa, parece algo glamouroso e fascinante, só que irreal.

Não há problema em saber fazer muitas coisas, eu faço, tu fazes, ele faz, mas o problema está em tentar fazer múltiplas coisas ao mesmo tempo.

Você já deve ter visto aquele artista que equilibra vários pratos na ponta de varas compridas e tem que evitar que caiam.

O artista não pode dar atenção especial a nenhum deles enquanto giram, dependendo da agilidade e sugando o tempo e energia do equilibrista, enquanto a plateia o admira.

Para um espetáculo circense é até interessante, mas na vida real isso dispersa energia, talento e tempo.

No livro “A ÚNICA Coisa” (Gary Keller e Jay Papasan – Editora Novo Século), há uma frase interessante sobre tentar fazer muita coisa ao mesmo tempo:

“Fazer muita coisa ao mesmo tempo é meramente a oportunidade de estragar mais de uma coisa ao mesmo tempo.”

Steve Uzzel

 

Prefira ser focado

Quando você está focado em uma tarefa, sua energia cerebral fica direcionada e a tarefa que tem um começo, meio e fim, é concluída num tempo bem menor se não houver distração e troca de atividades.

A cada interrupção a energia vai sendo minada e distribuída em várias direções, parecido com uma mangueira que perde pressão quando há vários furos nela.

O repórter do New York Times Matt Richtel, que ganhou um prêmio Pullitzer com uma série de artigos, (Levedos à Distração).

Matt comprovou por pesquisas que dirigir e falar ao telefone pode ser comparado a embriaguez, roubando até 40% da atenção necessária para dirigir com segurança.

Dependendo da complexidade do assunto ao telefone, é possível até perder mais, mais de 40% de atenção, mais vidas inocentes.

 

Algumas vantagens de ser focado:

  • Conseguir melhores resultados do que os que alteram várias atividades ao mesmo tempo;

  • Ter mais tempo para laser e outras atividades;

  • Ser reconhecido como uma pessoa altamente eficiente por ter foco;

  • Multas de trânsito e acidentes desnecessários são evitadas;

  • Maior poder de concentração em resolver problemas.

 

Que tal ser um super-herói?

A cada interrupção para troca de tarefas, há uma perda de tempo significativa.

Lembra do Clark Kent (DC Comics)?

Clark não podia ser um bom repórter, porque tinha que trabalhar no Daily Planet, preservar sua identidade secreta, salvar o mundo, salvar a Lois Lane e ainda encontrar cabines telefônicas disponíveis para a troca de figurino.

Será que numa época em que não havia telefones celulares, ele ainda encontrava seu terno na cabine telefônica, ou ainda tinha que comprar outro para voltar ao Daily Planet?

Nenhum de nós precisa ser o Super Man, ou Super Woman da multitarefa, mas se quiser ser o “Super Você”, tenha em mente que vai precisar ser focado para atingir os resultados que deseja e merece ter na sua vida.

“Foque” nisso!

Abraço.