(41) 99664-5024 contato@sergiorocha.com.br
Escolha uma Página

O que significa motivação?

A palavra se origina do latim MOTUS (“movido”) e MOTIO (“movimento”).

Então, quando digo que estou motivado estou dizendo:

– Estou me movendo para um lugar que considero agradável!

Por exemplo: Quando você está para fazer algo de que não gosta, está desmotivado, ou seja, não está se movendo em direção daquele lugar que te agrada, ou para fazer algo que te agrada.

Desmotivado, ou motivado?

Veja abaixo três situações, duas delas te deixam desmotivado e apenas uma te deixará motivado:

Se você conhece um lugar que considera AGRADÁVEL e não esta se movendo em direção a ele, você está DESMOTIVADO;

 

Se você conhece um lugar que considera DESAGRADÁVEL e está se movimentando em direção a ele, você está DESMOTIVADO;

 

Se você conhece um lugar, ou situação que considera AGRADÁVEL e está se movendo em direção a ele, você está MOTIVADO!

Note que apenas o fato de se estar se movendo em direção a um lugar agradável, já te deixa motivado, mesmo antes de chegar.

Qual a minha resposta quando me perguntam se sou palestrante motivacional?

Se com a minhas palestras eu ajudar algumas pessoas a que vejam um lugar agradável para ir e se eu mostrar uma forma de chegar à esse lugar, considero, neste caso, que minha palestra é motivacional.

E quando preciso ir para um lugar que não me agrada?

“olhar por cima do muro”.

Olhar por cima do muro, é ter uma meta clara, bem definida e saber que está constantemente se movendo e se aproximando dessa meta, passando pela dor, para chegar ao prazer.

Se por exemplo precisa concluir seu TCC e acha isso desagradável, olhe por cima do muro e imagine como será sua formatura, os sons, sensações e o empoderamento de ter concluído todas as etapas.

Mesmo estando ainda num emprego que não gosta, pode estar usando este tempo presente e o salário para desenhar um futuro diferente e isso possivelmente te deixará motivado.

O que fazer para estar motivado?

Em primeiro lugar você precisa conhecer a si mesmo, saber o que realmente te agrada.

Logo em seguida, empreender um plano para se movimentar em direção ao que te agrada e botá-lo em ação.

Veja abaixo algumas peguntas que que precisará fazer a si mesmo, para criar um plano de ação em direção ao que lhe agrada:

Quem sou eu? (autoconhecimento)

O que realmente me agrada?

Para onde quero ir?

Quando quero chegar?

Como chegar?

O que pode me impedir de chegar?

Como superar os impedimentos?

Quem estará comigo nessa jornada?

Qual será a evidência de que estou me movendo na direção certa?

Qual será a evidência que reconhecerei quando chegar onde quero?

De 0 à 10, quanto estou comprometido em chegar ao lugar que quero?

Ah…mais uma pergunta:

Você está motivado?